domingo, agosto 10, 2008

Silly season a Norte
Dez dias depois, volto a teclar no blogue. Depois de um tour pelas falésias do Sul, pela aridez vicentina e pela capital, eis-me de volta às nortadas, às águas frias, aos nevoeiros e ao habitual convívio que caracteriza este extremo norte da costa portuguesa. De volta aos jornais que não li nos últimos dias, e às novidades e efemérides em que tardiamente reparei, como os 430 anos de Alcácer Quibir, os 40 da queda de Salazar e a morte de Soljenitsin. Ou os assaltos frustrados a bancos e a abertura colossal dos Jogos da polémica. Entretanto, começei logo por comprar os habituais Cadernos de A Bola, para ficar munido para a época futebolística que se avizinha, como faço todos os anos. E como todos os anos, pergunto-me sempre a mesma coisa: se se sabe que o mercado está longe de fechar, e que há contratações latentes e na calha, porque é que insistem em editar os Cadernos tão cedo? Não poderiam esperar ao menos uma semana, caros Dr. Vítor Serpa e restante redacção? Sempre era um favor que faziam aos vossos leitores. Ao menos para a edição do próximo ano podiam pensar nisso.

Um comentário:

K-Jo Vendetta disse...

juro man, todos os anos penso isso e depois acabo p+or me esquecer para na época seguinte me lembrar outra vez... silly season for reals!!!

abraço, excelente blog by the way^!