terça-feira, janeiro 20, 2009

Desaparecimentos precoces

No mesmo fim de semana, desapareceram Tereza Coelho, aos 49 anos, e João Aguardela, aos 39. A primeira era crítica literária, editora da D. Quixote e ex-directora da revista Os Meus Livros (ouvi falar dela pela primeira vez aí), e creio eu, da Ler. O segundo era um nome importante da música modernaportuguesa, patrono da fusão entre pop e o folclore popular, nos Sitiados, Megafone (o mais intrigante e mais etno-eléctrico)e, ultimamente, em A Naifa. Idades curtas demais para quem podia ainda dar tanto às letras e aos sons portugueses

Sitiados: Outro Parvo no meu Lugar